O APOCALIPSE

 

          ÍNDICE

1 – As Sagradas Letras           II Tm 3:15

2 – Quatro Bestas revelam o futuro - Dn 8:26

3 – E a Verdade Vos Libertará Jo 8:32

4 – A Estratégia do Inimigo Ap 17:5

5 – O Anticristo e suas Meretrizes – Is 4:1

6 – E Lançou a Verdade por Terra – Dn 8:12

7 – A Verdadeira Igreja do Criador – Ap 12:17

8 – O Criador coloca o Seu selo sobre nós – Ap 7:1-3

9 – O Santuário do Criador   Ex 25:8

10 – A Maior Profecia do Criador – Dn 9:25

11 – As Duas Mil e Trezentas Tardes – Dn 8:14

12 – O Juízo Final; você tem medo? - Mt 25:46

13 – Os Livros do ETERNO – Ap 3:5

14 – Lei ou Graça? - Jo 4:10

15 – As Bestas do Apocalipse Mt 7:15

16 – Sete Pragas contra este mundo – Is 33:16

17 – Finalmente! - Mt 24:30e31

18 – Os Porta-vozes do Criador – Am 3:7

19 – Quem Será Levado e Quem Será Deixado? – Mt 24:40

20 – Os Dons do Espírito, que é Santo! – I Co 12:4

 

Atos 20:28 - Agora, olhem por vocês próprios e pelo rebanho do Maoro’eh Yaohushua. O RUK’HA HOL’KODSHUA (YAOHUSHUA, em espírito onipresente) vos constituiu zaokan’yao (anciãos) para alimentar a sua Oholyao, que Ele comprou com o Seu próprio 'DAM' (sangue).

ESN/EUC – Escrituras Sagradas segundo o Nome, Edição Unitariana Corrigida by CYC

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Curso: ...e a Verdade vos Libertará!

LIÇÃO 20

Os Dons do Espírito, que é santo!

Pouco antes da Sua Ascensão, Yaohu’shua hol’Mehushkyah deixou aos discípulos uma tarefa que lhes parecia impossível de ser realizada: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura. Mc 16:15.

Mas, o próprio Cristo conforta-lhes o coração dizendo: Eis que envio sobre vós a promessa de Meu PAI; permanecei, pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder. (Lc 24:49) ... “e estavam sempre no templo, louvando o Messias”. Lc 24:53.

João/Yaohukhanan nos mostra que para alguns, o Messias, mesmo antes de sua ascensão já os revestiu de poder ao soprar sobre eles, um pouco do seu poder; veja: ...E havendo dito isso, assoprou sobre eles, e disse-lhes: Recebei do Santo Espírito. Jo 20:22.

Lembramo-nos de Eliseu/Ul’shua que também pediu porção dobrada deste mesmo espírito: Havendo eles passado, Uli’yaohuh disse a Ul’shua: Pede-me o que queres que eu te faça, antes que seja tomado de ti. E disse Ul’shua: Peço-te que haja sobre mim dobrada porção deste teu espírito. II Reis 2:9.

E dez dias depois, no dia de Pentecostes, o Messias desceu como o Consolador prometido – Jo 14:16 – e foi dado o poder do alto, e a alma dos crentes estremeceu com a presença sensível do Mestre que ascendera ao Céu... agora, em espírito que é Santo.

E a primeira manifestação do Messias, em Espírito (que é santo) naquela cidade, para onde milhares de pessoas que de todas as partes, se dirigiam, foi o dom de línguas...

Havia, naquela festa anual; representantes de “todas as nações” e imediatamente começaram a pregar o evangelho no idioma dos estrangeiros presentes... Vamos às Escrituras? Todos ficaram cheios do Santo Espírito e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem. (Atos 2:4 ARA).

Quando, pois, se fez ouvir aquela voz, afluiu a multidão, que se possuiu de perplexidade, porquanto cada um os ouvia falar na sua própria língua ...tanto judaicos como prosélitos, cretenses e arábicos. Como os ouvimos falar em nossas próprias línguas as grandezas do ETERNO? (Atos 2:6, 11).

Vejam bem, o CRIADOR concedera à eles o dom de falar línguas estrangeiras, não língua desconhecida dos homens. Imaginem a urgência que eles tinham! Não podiam perder aquela oportunidade de pregar o Evangelho do Messias... Não havia tempo de frequentar “aulas de línguas”. Tinha que ser agora! E, o CRIADOR envia de volta (agora em espírito) o Seu Consolador e os capacita a pregarem em “todas” as línguas necessárias. O resultado: três mil novas almas para o Messias.

Naqueles dias, Paulo/Sha’ul (Saulo) ainda era um “perseguidor” dos “judaicos cristãos”, mas era um poliglota – o grego, o hebraico, o aramaico e o latim, entre outras, pois cursara as melhores escolas judaicas e romanas – e naquela estrada para Damasco, recebeu do próprio Messias, a sua conversão e tornou-se agora, “ferrenho defensor” de um Caminho que ele não havia conhecido pessoalmente, mas “viu” a Sua obra... Agora só desejava falar em Nome dEle!

Paulo/Sha’ul sabia e ensinava que o dom de línguas era a capacidade de falar – pelo Espírito – novas línguas (outros idiomas) vejam o que diz em I Co 12:10e20:

“...a um, variedade de línguas; e a outro, capacidade para interpretá-las ... falam todos em outras línguas? Interpretam-nas todos?”. Este é um dom do ETERNO, ou seja, passam a falar um idioma estrangeiro, sem o conhecer ou haver estudado... Difícil!? Para o Ungido, criador das línguas – lembre-se de Babel, Gn 11:1,6e7 – nada é difícil, se até mesmo mortos Ele os ressuscitou por algum tempo...

Muitos, nos dias de hoje, querem que este dom seja o falar a língua dos anjos, mas Paulo/Sha’ul era incisivo quando afirmou: “No caso de alguém falar em outra língua... haja quem interprete. Mas, não havendo intérprete, fique calado na igreja” (I Co 14:27-28). Leia I Co 14:10.

EM QUANTAS IGREJAS, HOJE, VEMOS ESTE MANDAMENTO SENDO DESRESPEITADO!

Paulo/Sha’ul mostrava estar falando sobre a língua das nações... Uma vez que ele também orientara que o falar em línguas era para edificar a igreja (I Co14:9) e perguntava: Como dirá o indouto – aquele que não compreende – o amém depois da tua ação de graças?” I Co 14:16

- Você costuma falar amém (em Hebraico = amnao à assim seja) quando alguém ora, ou neste momento está apenas voltado para os seus próprios interesses?

Em Corintos, Paulo/Sha’ul também encontrou outras “dificuldades” nas interpretações dos dons espirituais, principalmente a ordem de importância dos diversos dons, por ele citado... A uns estabeleceu o CRIADOR na igreja, primeiramente, apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois, operadores de milagres; depois, dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas. (I Co 12:28 – o último dos dons; hoje, sem este dom, dizem as “igrejas”, não se é um “crente salvo”). Isto tudo Paulo/Sha’ul desejava para a igreja de Corintos, um importante porto marítimo, com uma população de aproximadamente 600.000 habitantes...

Eu quisera que vós todos falásseis em outras línguas; muito mais, porém, que profetizásseis; pois quem profetiza é superior ao que fala em outras línguas, salvo se as interpretar, para que a igreja receba edificação (I Co 14:5). Leia o vs 22...

E Ele explica: o dom de língua é “excelente” para o momento; mas, o dom de profecia, fica para a eternidade... Mas, os coríntios, se “perderam” [só eles?] em busca deste dom... Um dom que, somente naquela igreja, tornara-se um problema!

Naquela Igreja de Corintos havia muitos outros problemas. Vejamos: dissensão (I Co 1:11; 11:18); adultério (I Co 5:1); demandas (I Co 6:6e7); carnalidades (I Co 3:1-3) ...e como O Messias, em Espírito, poderia operar* em tal ambiente?

* Hoje, encontramos igrejas frias, devido à estes mesmos problemas... Ali não há poder!!!

Em Jerusalém/Yah'shua-oleym, houvera harmonia; O Messias, o Espírito Consolador, pode vir... Já, em Corintos havia prostituição (II Co 12:19-21); usura (II Co 11:8e9); ...desvirtuação da Santa Ceia do Messias (I Co 11:17-33); etc.

Paulo/Sha’ul estava convencido de que aqueles “cristãos” estavam falsificando o dom de línguas [já vimos isto, em nossos dias, não é?]... Desejavam o dom a qualquer custo, ainda que estivessem despreparados... e, imprudentemente emitiam “sons que ninguém entendiam” (I Co 4:2). E, polidamente Paulo/Sha’ul os adverte: Ore em particular; você e o CRIADOR, somente...  I Co 14:28.

Cristo, um dia já havia advertido aos “hipócritas” que não ficassem em vãs repetições em público ou em ruas... Vejamos: E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé* nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos dos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa. Mt 6:5.

* Em pé... Diríamos, aos gritos!!!

Paulo/Sha’ul completou dizendo: ao invés de ficarem fazendo barulho na igreja... mostrando um dom que “queriam” mas não “possuíam” por se encontrarem fora dos parâmetros Divinos – hoje, não é isto que vemos dentro das igrejas pentecostais (diga-se, espíritas)?

Aquela manifestação não era genuína, e, quem sabe não seriam manifestações demoníacas ou uma forma de histeria. E então Paulo/Sha’ul, sabiamente encontrou uma solução divina: Pelo que, o que fala em outra língua deve orar para que a possa interpretar (I Co 14:13). O apóstolo mostrava que sem esta interpretação – ou seja: que alguém entenda – esta manifestação só traria confusão, não edificaria a igreja. (I Co 14:6,14). Leia também o vs 18 e 19... Hoje, os pentecostais que tanto se preocupam em obter este dom, também se preocupam na obtenção da interpretação?

Paulo/Sha’ul já havia falado da diversidade de línguas no versículo 10 do capítulo 14 da sua primeira carta aos coríntios e com isso mostrava a que tipo de língua o dom se referia... Não eram línguas “estranhas”, a qual ninguém podia interpretar... nem mesmo a “línguas dos anjos” que é ininteligível para o homem (II Co 12:2-4) e portanto de que adiantaria para a igreja senão para satisfação pessoal daquele que a “fala” (I Co 14:4).

Interessante é notar que o Novo Testamento citam outras catorze manifestações do Espírito do ETERNO, e em nenhum deles foi concedido o dom de línguas, já que nestas ocasiões não era o dom necessário... Ou seja, não é o “dom de línguas” o indicador do reconhecimento divino de sua “conversão”... Já em Éfeso, a situação era diferente de Coríntios; lá não havia divergências... Doze homens haviam recebido as primeiras instruções, sobre o Messias vindouro, de João/Yaohukhanan, o Imersor. Ainda não conheciam à Ele... Foram batizados por João/Yaohukhanan, apenas pelo seu arrependimento e fé num Salvador vindouro... Paulo/Sha’ul, então lhes traz a “mensagem salvadora” – Ele já veio e se manifestou em Espírito! Creram e receberam o batismo “em Nome de Yaohu’shua”. E, então pelo Espírito receberam os “dons de Línguas e de Profecias”, necessários naquele localidade.  Atos 19:6.

Yaohushua, conforme as necessidades de “sua igreja” capacita seus membros com os dons necessários para realizarem Sua obra. E, Éfeso não era diferente! Era um porto por onde afluía pessoa de diversas origens – e línguas – portanto, este dom seria útil naquela ocasião. Ef 4:7e8.

Estavam estes irmãos, pelo Espírito, prontos então a receberem as devidas instruções e estudos sobre a verdadeira doutrina do Messias... “E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens” (Mt 15:9). Isto, comprova que o Espírito (o Messias – Atos 20:28) nos capacita a estudar e compreender as Sagradas Escrituras... Porém, devemos, SEMPRE, agir como os bereanos que:

...eram mais nobres do que os de Tessalônica, porque receberam a palavra com toda avidez, examinando diariamente as Escrituras para ver se estas coisas eram assim mesmo. At 17:11

Portanto, cada um, segundo o seu dom, faz parte do corpo do Messias – a Igreja/Kehiláh“para que não haja divisão no corpo; pelo contrário, cooperem os membros, com igual cuidado, em favor uns dos outros (I Co 12:25).

Com isso terminamos estes estudos que nos conduziram à Verdade... Irmãos, ouçam o Messias dizendo; Hoje, se ouvirdes a Sua voz, não endureçais o vosso coração. Hb 4:7.

Se ficou alguma dúvida, ou você está sentindo o Messias falar-lhe ao coração, procure-nos... Esclareça suas dúvidas e entregue-se à Ele pois, Ele já fez a Sua parte na cruz. Faça agora a sua parte... Demonstre publicamente que você vai guardar os Seus Mandamentos descendo às águas da Imersão, em Seu Nome!

AMNAO!

 

Minha Assinatura: ____________________________ Data: __/__/_____.

 

OBSERVAÇÕES:

Confirme as passagens bíblicas com a sua Bíblia; mesmo que seja uma bíblia corrompida (trinitariana).

@ - Responda e nos envie a Lição...  No fim de TODAS as Remessas, enviaremos um Certificado de Conclusão que pode ser impresso e colocado em uma moldura!

 

SAIR

 

Preencha o Formulário abaixo para solicitar um estudo sobre um tema específico ou dar a sua opinião sobre este estudo... Não fique com dúvidas!!!

CONTATOS

[15] 9 9191-8612 (CLARO)

         9 9781-0294 (VIVO)

         9 8121-3482 (TIM)

         9 8800-1763 (OI)

falecom@cyocaminho.com.br

 

DÚVIDAS

 

  

ESTE QUADRO AO FICAR BRANCO É PORQUE O FORMULÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO

AGUARDE A NOSSA RESPOSTA!